A Mata Negra

 

Brasil |  2018  |  98 minutos  |  Diretor: Rodrigo Aragão

Nas profundezas de uma floresta em algum canto remoto do Brasil, a descoberta de um misterioso livro de feitiçaria pelas mãos de uma pobre garotinha, desencadeia uma série de violentos eventos sobrenaturais, conforme ela passa por uma sangrenta jornada rumo ao desconhecido.

 

Rodrigo Aragão talvez seja o grande nome do horror brasileiro contemporâneo, se consolidando como um mestre do gore através de uma série de produções "caseiras", atuando como diretor, roteirista, produtor, e artista de efeitos especiais. Seu estilo idiossincrático combina o universo imagético do folclore brasileiro com os excessos grotescos de Sam Raimi e um Peter Jackson pré-Hollywood. Mata Negra é seu projeto mais ambicioso até agora - um "Alice no País das Maravilhas" banhado em sangue
e vísceras - mais caro e visualmente requintado que suas realizações anteriores, mas mantendo o mesmo charme artesanal e o histérico senso de humor negro que se
tornaram sua assinatura.