Et Le Diable Rit Avec Moi

“E o diabo ri comigo”

 

França  |  2017  |  25 minutos  |  Diretor: Rémy Barbe

Samuel é sensível. Samuel é solitário. Samuel vive apenas por música punk hardcore e filmes de terror underground. Samuel sofre por ser mal compreendido. Samuel sempre pensa na sua ex-namorada, Eva. Samuel, nos seus momentos mais doloridos, também fala com o Diabo.

 

Rémy Barbe, nascido em 25 de Dezembro de1993, no Norte da França, é diretor, escritor, e editor. Ele criou o coletivo “Les Films de la Mouche" em 2012, conhecido por suas propostas de um tipo diferente de cinema, muito influenciado pelo terror, o fantástico, o thriller e filmes surreais/experimentais dos anos 60 até a atualidade.

Desde 2014, o coletivo tem três membros: Joseph Bouquin, Joséphine Hopkins e ele próprio. Sua ambição enquanto coletivo independente é trazer uma nova visão artística dentro da indústria cinematográfica francesa, e provar que filmes de “gênero” e “artísticos” podem ser compatíveis, propondo um equilíbrio entre emoções viscerais e visão intelectual.